Ministro diz que Força Nacional fica no Rio

Mil e duzentos homens da Força Nacional de Segurança vão permanecer no Rio por tempo indeterminado. O anúncio foi feito ontem pelo ministro da Justiça, Tarso Genro, na primeira visita a um Estado para tratar do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Segundo o ministro, o Rio funcionará como uma espécie de laboratório para as políticas de segurança que serão implementadas nas 11 regiões metropolitanas do País, como prevê o PAC da Segurança lançado terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.