Ministro do Trabalho sai de férias para reforçar campanha de Lula

O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, iniciou nesta segunda-feira um período de férias que vai até o próximo dia 18, com o intuito de reforçar a campanha à reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Com ele, também saiu de férias neste segunda o ministro do Turismo, Walfrido Mares Guia, para ingressar na campanha principalmente em Minas Gerais, Estado considerado fundamental para assegurar a vitória no segundo turno das eleições. Marinho é de São Paulo, onde o PT ficou sem candidato ao governo e sem palanque para Lula no segundo turno. Minas e São Paulo são os dois maiores colégios eleitorais do País. O Rio de Janeiro é o terceiro.As férias de Marinho, concedida no dia 6, foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União. É esperado que o ministro das Comunicações, Hélio Costa, e o ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, façam o mesmo.No primeiro turno, Lula obteve 48,61% dos votos válidos. Apesar de ter faltado pouco para garantir a vitória no domingo, o que mais preocupará o presidente é o crescimento de Alckmin nas urnas, que acabou obtendo 41,64% dos votos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.