Ministro fala 4h sobre segurança para Senado vazio

O ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos, falou nesta quinta-feira por mais de quatro horas sobre segurança pública para um plenário do Senado praticamente vazio. O baixo interesse pelas das audiências públicas com ministros realizadas quinta-feira, já virou rotina. Mas o que vem incomodando a oposição é a ausência das bancadas governistas para ouvir esclarecimentos sobre assuntos considerados importantes como Previdência, reforma tributária, Fome Zero e segurança.Irritado com a situação, o senador Heráclito Fortes (PFL-PI) não se conteve. No meio ao discurso de Marcio Thomaz, olhou para os lados e identificou quatro dos 14 senadores do PT, além de um representante do PSB. Os demais eram de oposição. O painel, no entanto, registrava a presença de 60 senadores na Casa. ?Peço aos líderes que acabem com essas convocações, pois isso é uma desmoralização para a Casa e para Vossas Excelências?, disse.O líder do governo, senador Aloízio Mercadante (PT-SP), autor da idéia de levar os ministros de Lula para debater com os senadores assuntos importantes, participava de um seminário e chegou atrasado. ?Cheguei atrasado, mas serei o último a sair?, disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.