Ministro fecha acordo para trocas na agência

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, já acertou os termos da renovação completa da Anac com três dos cinco diretores que resistem em seus cargos. Um interlocutor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o acordo foi fechado anteontem, em reunião no Palácio do Planalto, da qual participaram Jobim, o ministro das Relações Institucionais, Walfrido Mares Guia, e o líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN).O diretor de Relações Internacionais, Estudos e Pesquisas da agência, Josef Barat, só não entregou sua carta de demissão na quarta-feira porque Jobim pediu a ele que aguardasse até o dia 7, prazo com que o ministro trabalha para substituir Denise Abreu e Jorge Luiz Velozo. Os dois entregaram seus cargos na última semana. Jobim não abre mão de trocar toda a diretoria da Anac. Mas não sem antes encontrar os substitutos de Denise e Velozo.A cautela de Jobim tem o objetivo de não paralisar a agência, que não pode funcionar com menos de três diretores. O diretor de Infra-Estrutura Aeroportuária, Leur Antônio Britto Lomanto, já comunicou a Jobim que está disposto a deixar o cargo sem criar dificuldades nem constrangimentos ao governo. A demissão de Milton Zuanazzi foi definida no momento em que ele confrontou com Jobim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.