Ministro libera R$ 155 milhões do PAC para Maceió

O ministro das Cidades, Márcio Fortes, anunciou nesta terça-feira a disponibilização de verbas federais para Maceió, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O anúncio foi feito em reunião com o prefeito Cícero Almeida (PTB), o governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) e prefeitos alagoanos, no Palácio República dos Palmares, na capital alagoana. Serão destinados recursos para construção de casas populares, obras de saneamento básico e infra-estrutura - R$ 120 milhões para obras no Vale do Reginaldo e R$ 35 milhões para a construção de casas populares na região da Lagoa Mundaú, na favela Sururu de Capote. O prefeito Cícero Almeida afirmou que já tem os projetos e que eles vão se somar às demais obras que estão sendo feitas, entre eles, as 1.542 unidades habitacionais, no Conjunto Joana Gajuru, com entrega prevista para o final de setembro. Para o secretário municipal de Habitação, Nilton Pereira, a liberação da verba permite que se conclua anteprojetos da administração municipal, como a urbanização do Vale do Reginaldo. "Vamos trabalhar em cima dos recursos, apresentar os projetos e aumentar o volume de casas construídas, com toda a infra-estrutura", reforçou. Segundo assessoria do Ministério, a liberação da verba será feita imediatamente, assim que forem sendo realizadas as etapas dos projetos. A estimativa é que 21.500 pessoas sejam beneficiadas. O ministro informou ainda que outros recursos poderão ser disponibilizados de acordo com a apresentação de projetos, que levem em consideração o interesse público, o meio ambiente e a qualidade de serviços para a população.

Agencia Estado,

13 Fevereiro 2007 | 21h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.