?MIR não tem ligação com grupo que seqüestrou Olivetto?

O argentino Humberto Paz, de 46 anos, líder dos seqüestradores do empresário Abílio Diniz, disse à reportagem que o MIR não tem nenhum vínculo com o grupo que seqüestrou Washington Olivetto. Ele e seu irmão, Horacio, foram detidos na época no Brasil, condenados e, em 1999, transferidos para a Argentina. Hoje, estão em liberdade condicional.Paz refutou a tese da polícia brasileira de conexões entre os dois grupos, afirmando que "não há nada a ver". "Isso fica evidente até pela idade dos detidos do caso de Olivetto, que na época do seqüestro de Diniz, teriam 16 anos. Não há sentido algum nessa história da polícia. Além disso, esse setor do MIR foi desativado há muitos anos, ainda na época em que nós estávamos detidos", disse.Paz, que mora em Buenos Aires, disse que o argumento da polícia tem evidentes intenções de desprestigiar a esquerda brasileira nas próximas eleições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.