Missa em homenagem a juiz reúne autoridades em São Paulo

No final da tarde de hoje foi celebrada missa de sétimo dia em homenagem ao juiz Antonio José Machado Dias, assassinado no dia 14. Compareceram à cerimônia, no Salão dos Passos Perdidos do Tribunal de Justiça, o governador Geraldo Alckmin, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Aurélio de Mello, e autoridades da cúpula do Judiciário.Um esquema de segurança foi montado no Tribunal de Justiça. Policiais militares revistaram todos que entraram no prédio do TJ com detectores de metais. Nem o vice-prefeito de São Paulo, Hélio Bicudo, escapou da revista. Irritado, não deixou que um policial passasse o detector de metais por seu corpo. O padre Júlio Lancelotti, que permaneceu no altar durante a missa, só entrou após ser revistado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.