Missa em SP celebra memória de príncipe

Igreja Nossa Senhora do Brasil recebeu integrantes da família imperial

Mônica Cardoso, O Estadao de S.Paulo

09 de junho de 2009 | 00h00

Uma missa em memória de d. Pedro Luiz de Orleans e Bragança, que estava no voo AF 447 da Air France, foi celebrada ontem na Igreja Nossa Senhora do Brasil, no Jardim América, em São Paulo. A cerimônia foi organizada pelos tios do jovem - d. Luiz, chefe da Casa Imperial do Brasil e primeiro na linha de sucessão ao trono do Brasil, e d. Bertrand, segundo na linha sucessória - que moram em São Paulo.A tradicional missa, permeada com cânticos em latim, foi a primeira realizada exclusivamente em memória de Pedro Luiz. Cerca de 200 pessoas participaram do ato religioso, como membros da família imperial Orleans e Bragança e simpatizantes da monarquia. Outra missa está marcada para amanhã na Igreja Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé, a antiga Capela Imperial, no Rio.Os pais de Pedro Luiz, o príncipe d. Antonio e dona Christine, e o irmão Rafael, vieram de Petrópolis, onde moram, especialmente para assistir à cerimônia. "Deus sabe o que faz e confiamos nele. Ele nos deu esse filho maravilhoso e nós o devolvemos. Ele era uma rapaz bom e religioso. Temos certeza de que ele está muito melhor com Deus do que aqui conosco", disse o pai do jovem. Segundo d. Antonio, a família está acompanhando as notícias de buscas pelos corpos. Pedro Luiz era uma figura bastante ativa para a restauração da monarquia e presidente de honra da Juventude Monárquica do Brasil. Ele era o quarto na linha sucessória da monarquia, atrás de d. Luiz, d. Bertrand e de seu pai, d. Antonio. Com sua morte, seu irmão Rafael possivelmente deve ocupar o seu lugar. "D. Rafael tem dirigido o ramo jovem da monarquia, principalmente nos dois últimos anos, quando Pedro Luiz foi trabalhar em um banco de investimentos em Luxemburgo", diz José Guilherme Becari, presidente do Movimento Pró-Monarquia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.