Mochila de brasileiro desaparecido nos Andes é encontrada

Seus principais pertences não foram encontrados; hipótese é de que Rogério Oleinski tenha sido assaltado

Carlos Alberto Fruet, especial para O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2008 | 18h21

A mochila do gaúcho Rogério Soares Oleinski, desaparecido desde o dia 27 de outubro, quando decidiu escalar o Monte Sajama, de 6.542 metros de altitude, na Bolívia, foi encontrada nesta terça-feira, 18. Segundo o irmão de Oleinski, Rubens, que está em território boliviano auxiliando nas buscas, a mochila foi encontrada no pé da montanha sem seus principais objetos: bússola, binóculo, carteira com dinheiro e máquina fotográfica.   Veja também: Brasileiro desaparece em montanha na cordilheira dos Andes   "A única identificação do Rodrigo era o crachá da faculdade. O resto tudo havia sumido. Pelo que falaram, ele deve ter sido assaltado", disse a mãe do gaúcho, Maria Cecília Oleinski. Ela gostaria de receber uma boa notícia até o dia 21, na próxima sexta-feira, quando seu filho completa 28 anos. "Espero que me dêem a notícia de que o Rodrigo esteja vivo e bem de saúde", disse, aos prantos, nesta tarde.    Estudante de Teologia na Universidade Adventista da Bolívia, Oleinski não dá notícias aos familiares desde o dia 31, quando disse que ia escalar sozinho o Sajama, ponto mais alto do país, para rezar e ficar mais perto de Deus. No dia 1º foi visto por uma pastora, quando se preparava para iniciar a escalada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.