Monomotor cai sobre rua no Paraná e piloto sobrevive

Um monomotor chocou-se na noite de sexta-feira com fios de alta tensão e caiu em uma avenida de Londrina. O piloto Sergio Tizo era o único ocupante do avião e sobreviveu, mas está com 20% do corpo queimado.Tizo tem 15 mil horas de vôo e trabalha para a empresa Líder Táxi Aéreo. O avião que pilotava no momento do acidente, modelo AC-11 de prefixo PT-JPZ, com capacidade para quatro pessoas, era de sua propriedade.O capitão do Corpo de Bombeiros Ricardo James suspeita que o piloto tentava um pouso de emergência antes de se chocar com os fios de alta tensão. O avião caiu a cem metros de um quartel dos bombeiros e sua aproximação foi notada por membros da corporação devido ao ruído incomum que produzia.Este foi o segundo acidente com avião em Londrina, em apenas uma semana. No dia 19, um bimotor que vinha de São José do Rio Preto (SP) chocou-se com uma montanha ao se aproximar do aeroporto, matando o piloto e o passageiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.