Montagem do governo de Lula desfalca equipe de Marta

A montagem do governo Luiz Inácio Lula da Silva está obrigando a prefeita Marta Suplicy a buscar nomes para cargos de primeiro escalão na Prefeitura. Nesta quinta-feira foi a vez de o secretário de Serviços e Obras, Jorge Hereda, ser confirmado como secretário nacional de Habitação.Com a nomeação de Hereda - que é arquiteto e urbanista e já havia trabalhado com a secretária-executiva do Ministério das Cidades, Ermínia Maricato, na Secretaria Municipal de Habitação, na gestão Luiza Erundina -, agora são três os cargos vagos na administração municipal: o ex-secretário de Relações Internacionais Jorge Mattoso assumiu a presidência da Caixa Econômica Federal, e o presidente da Anhembi Turismo, Eduardo Sanovicz, foi para a Empresa Brasileira de Turismo (Embratur).Destes, o cargo deixado por Hereda é o que mais merece atenção do Palácio das Indústrias. A pasta será responsável pela reordenação do sistema de limpeza pública, que inclui dois editais de licitação previstos para este ano.Além da contratação de serviços de varrição e complementares em cada uma das 31 subprefeituras, a secretaria vai promover este ano a concessão dos serviços de coleta de resíduos na cidade por 20 anos. Para isso, foi aprovado nos últimos dias de 2002 o projeto de lei do Executivo que reordena o sistema e cria a taxa do lixo.A concessão é prioritária para o Palácio das Indústrias, e está prevista para começar a operar em 2004. Antes disso, terá de ser prorrogado o contrato em vigor com as empresas que hoje atuam em nove lotes, tanto nos serviços de coleta quanto no de varrição. O novo sistema deve arrecadar, por ano, R$ 300 milhões com a taxa do lixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.