Montoro entra com ação contra subprefeituras

O vereador Ricardo Montoro, líder do PSDB na Câmara Municipal, entrará na segunda-feira no Tribunal de Justiça com ação direta de inconstitucionalidade, com pedido de liminar, para suspender os efeitos da lei que transforma as 28 administrações regionais em 31 subprefeituras."A prefeita Marta Suplicy ignorou a Constituição e vetou parte de frases do texto original do projeto de lei aprovado pela Câmara, o que é uma arbitrariedade", denunciou.Montoro disse que nos trechos que especificam a criação dos cargos nas Coordenadorias de Saúde, de Projetos e Obras e de Planejamento e Desenvolvimento, a prefeita eliminou a qualificação profissional dos futuros coordenadores ao vetar pedaços de frases. "Ou ela vetaria todo o artigo ou todo o parágrafo ou não vetaria nada."O secretário do Governo Municipal, Rui Falcão, criticou Montoro e acusou o parlamentar de tentar prejudicar a cidade. "O vereador lança mão de subterfúgios jurídicos para tentar impedir a implantação das subprefeituras, que vai democratizar a administração e melhorar os serviços públicos municipais, beneficiando a população. Além de tudo, é uma posição incoerente porque os tucanos apoiaram o projeto em primeira votação."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.