Morador de rua é acusado de assaltar mulheres

A polícia prendeu o morador de rua Getulino Rodrigues Alves, de 43 anos, acusado de roubar diversas mulheres em agências bancárias de Higienópolis, na região central de São Paulo. Após a prisão do acusado, na segunda-feira, quatro vítimas já o reconheceram. Agindo havia dois meses no bairro, ele abordava mulheres que entravam nas agências sozinhas, à noite, para realizar transações bancárias nos caixas eletrônicos.Às 19 horas de segunda, uma vendedora de 35 anos foi a última vítima de Alves, em uma agência da Rua Alagoas. Alves abordou a mulher com uma das mãos sob a camiseta, anunciou o assaltou e exigiu um saque. "Um funcionário que ainda estava no banco viu a cena e avisou a PM", disse o tenente Júlio Henrique Soares Santos. De acordo com a polícia, ele costumava exigir até R$ 400. Os policiais chegaram e o morador de rua tentou sair da agência sem ser visto, mas acabou preso em flagrante. Alves foi levado ao 4º Distrito Policial, onde foi autuado por roubo. Vítimas desse tipo de assalto podem comparecer ao 4º DP, na Rua Marquês de Paranaguá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.