Morador de rua é atacado com álcool e fogo em Porto Alegre

Ele foi levado para o hospital e liberado após o atendimento, com queimaduras no abdome e na virilha

Elder Ogliari, O Estado de S.Paulo

20 de janeiro de 2009 | 18h51

O morador de rua Airton Machado, de 41 anos, teve partes de seu corpo queimadas durante um ataque que sofreu de três pessoas não identificadas na madrugada desta terça-feira, 20, em Porto Alegre. O caso lembra o que ocorreu na manhã de segunda, no Distrito Federal, onde dois moradores de ruas foram assassinados a tiro.   Veja também: Polícia investiga morte de dois moradores de rua no DF   Machado estava abrigado sob a marquise de um prédio da Rua Guilherme Alves, na zona leste da cidade, com outros mendigos, quando foi imobilizado por um casal e um jovem, também moradores de rua, que jogaram álcool sobre seu corpo, atearam fogo e fugiram. Levado ao Hospital de Pronto-Socorro, ele foi medicado e liberado uma hora depois, com queimaduras no abdome e na virilha. Ao meio-dia estava de volta à região onde vive.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.