Moradores da zona Oeste protestam contra prefeitura de SP

Será realizda nesta manhã uma passeata em direção à sede da Prefeitura de São Paulo, no Parque Dom Pedro II, região Central da cidade. Neste momento, as pessoas já estão concentradas na Praça da Sé e estão conversando com soldados da Polícia Militar sobre o trajeto que será adotado pelos manifestantes. Eles vão levar um caixão com três maquetes dentro em miniatura de escolas municipais. O objetivo é representar a morte do sonho de cerca de 12,3 mil famílias da região Pirituba-Perus, na zona Oeste da capital paulista, de terem creches, colégios municipais de educação infantil e escolas de ensino fundamental para atender os jovens e crianças que residem na área. Segundo os manifestantes, a prefeitura havia não só prometido como mandou publicar no Diário Oficial do Município (DOM) a destinação de verbas para a construção das e escolas. Porém, para a surpresa dos moradores, no próprio Diário Oficial, foi publicado, em julho, a anulação parcial do numerário que seria empregado no erguimento de três colégios. O dinheiro será utilizado na construção dos Centros de Educação Unificos (CEUs). As pessoas deverão levar até coroas de flores e a maioria delas está de preto, como se fosse de fato participar de um cortejo fúnebre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.