Moradores de bairros nobres buscam soluções para favelas

O projeto Viva Rio realizou hoje a primeira reunião do fórum Dois Irmãos, que reúne moradores das comunidades da Gávea,Rocinha, Vidigal e Leblon. O objetivo do fórum é discutir os problemas das favelas e buscar parcerias com entidades eempresas. Na reunião, segundo a Agência Brasil, a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) apresentou a possibilidade de implantar o projeto Transformar, para alfabetização de cinco mil jovens de 15 a 25 anos na Rocinha. A Fundação Roberto Marinho vai implementar um curso de ensino médio para jovens e a Pontifícia Universidade Católica (PUC) deverá implantar um curso de informática. No fórum, foi lançada a campanha "Dia do Carinho", que vai acontecer na próxima quarta-feira (21). A idéia é de que cerca de 100 voluntários visitem os moradores da Rocinha para dialogar, oferecer um abraço ou uma rosa. O coordenador de políticas de segurança pública do Viva Rio e morador da Rocinha, Carlos Costa, explicou que a campanha não é assistencialista. "A população está ferida, magoada, cheia de perdas. E aí me refiro à perda da cidadania. Nós não vamos levar solidariedade, vamos oferecer carinho, afago".

Agencia Estado,

16 de abril de 2004 | 16h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.