Moradores de Cotia terão água na próxima manhã, diz Sabesp

Rompimento de adutora deixou seis bairros da Grande São Paulo sem água; causa ainda é desconhecida

Maíra Teixeira, da Central de Notícias,

07 Janeiro 2010 | 23h02

Os cerca de 8 mil moradores de Cotia, na Grande São Paulo, que estão sem água desde a noite desta quarta-feira, 6, por conta do rompimento de uma adutora próxima ao quilômetro 26 da Rodovia Raposo Tavares, terão o serviço restabelecido na manhã desta sexta-feira.

 

Segundo a Sabesp, o abastecimento será possível devido a uma manobra que utiliza provisoriamente as interligações da rede da região.

 

Veja também:

linkAdutora rompida deixa 8 mil sem água na Grande SP

 

Os bairros afetados foram Capuava, Parque Alexandre, Alto da Raposo, Rio Cotia, Jardim São Vicente e parte da Granja Viana. A Sabesp informou que não pode apontar as causas porque o laudo sobre o rompimento fica pronto na próxima semana.

 

Há duas suspeitas para as causas. A de que o fluxo intenso de veículos tenha provocado o incidente, ou que o desmoronamento de terra na Estrada Velha de Cotia, devido as fortes chuvas na região, seja o responsável.

 

Com o vazamento de água, abriu-se um buraco de 20 por 4 metros na Estrada Velha, sendo necessária a interdição da pista. Não há previsão de liberação do tráfego no local.

Mais conteúdo sobre:
águaabastecimentoadutoraCotia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.