Moradores de favela incendeiam ônibus em protesto no Rio

Moradores da Favela do Barbante, em Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro, incendiaram neste sábado um ônibus, em protesto contra o tiroteio entre policiais e traficantes ocorrido ontem, quando três pessoas ficaram feridas. Segundo a polícia, o protesto foi estimulado por criminosos da favela. Uma criança de nove anos, um morador e um policial foram atingidos por balas durante o tiroteio, mas estão fora de perigo. Os moradores tentaram fechar uma das ruas que dão acesso à favela, mas foram impedidos por policiais militares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.