Moradores queimam fórum no PA

A polícia do Pará prendeu ontem 12 pessoas, entre elas dois adolescentes, acusadas de incendiar o Fórum da Comarca de Igarapé-Miri, na região nordeste do Estado, durante protesto de moradores, na noite de domingo, contra o assassinato de um comerciante, vítima de assalto.A prefeitura e a delegacia foram atacadas, mas seguranças impediram a invasão. O ataque aos prédios públicos começou após o enterro do comerciante Augusto Miranda, de 64 anos. Um pelotão de choque da Polícia Militar está na cidade para garantir a ordem. Em protesto contra as prisões, moradores ameaçam fechar a PA-151, que dá acesso a Abaetetuba. A PM retirou os 12 presos da cidade, transferindo-os para o Centro de Recuperação, em Abaetetuba. "É lamentável o que estamos passando aqui", diz a prefeita de Igarapé-Miri, Dilza Maria Pantoja. Ela afirma que a violência aumentou no município, onde existem seis policiais para 70 mil pessoas. Em represália ao quebra-quebra, a Justiça implantou a chamada lei seca, proibindo a venda de bebidas alcoólicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.