Moradores reparam estragos provocados por granizo no Sul

Moradores da Lapa, que fica a cerca de 70 quilômetros de Curitiba, passaram esta terça-feira reconstruindo os estragos provocados pelo vento e pelo granizo que atingiram a região ontem com a chegada de uma frente fria no Paraná. Cerca de 600 casas tiveram algum tipo de problema, principalmente a quebra de telhas.A Defesa Civil foi chamada para dar atendimento à população mais pobre, que recebeu lona para cobrir as casas, enquanto aguarda ajuda oficial para recolocação das telhas.A área rural do município, que produz frutas, trigo e cevada, também foi bastante atingida, sobretudo na fruticultura. Pela manhã, o comércio da cidade não tinha mais telhas para atender as pessoas. Não há registro de feridos nem de desabrigados.

Agencia Estado,

28 de setembro de 2004 | 16h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.