Moradores se revoltam com morte de mecânico

Depois de uma suposta troca de tiros com PMs, o mecânico José Valter Ferreira, acusado de tráfico de drogas, foi morto com um tiro no rosto na Favela Chica Luísa, zona norte de São Paulo, na noite de anteontem. Revoltados, moradores da favela disseram que o mecânico era inocente e atiraram pedras contra viaturas. Dois ônibus foi incendiados.

, O Estadao de S.Paulo

01 Agosto 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.