Moraes descarta 3 das 12 vias para tráfego de ônibus

Da lista com 12 propostas de alteração nas vias em que a circulação de fretados está restrita, apresentada ontem ao secretário municipal dos Transportes, Alexandre de Moraes, ao menos três pontos já estão descartados, segundo garantiu Moraes. Na Avenida Paulista (e em suas vias paralelas), na Juscelino Kubitschek e na Brigadeiro Faria Lima, principais reivindicações de empresários do setor, o tráfego continuará restrito. "Nessas não mexeremos", disse o secretário, no programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite de ontem. À tarde, em reunião com o grupo, o secretário havia dito que não cederia. "Acontece que essas vias (Faria Lima e JK) não têm metrô. E esse foi o argumento para liberar a Berrini", rebateu o deputado Paulo Alexandre, interlocutor do grupo com a Prefeitura. Moraes prometeu apresentar, em 48 horas, respostas a cada ponto, explicando o motivo de aceitar ou rejeitar as propostas.

Renato Machado e Vitor Hugo Brandalise, O Estadao de S.Paulo

04 Agosto 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.