Divulgação
Divulgação

Morre a 21ª vítima de acidente entre ônibus e caminhão no PR

Claudete Marcato, de 51 anos, teve 25% do corpo queimado; duas pessoas receberam alta

Julio Cesar Lima, Especial para O Estado

03 Novembro 2016 | 16h18

CURITIBA - Morreu na quarta-feira, 2, no Hospital Cemil, em Umuarama (582 quilômetros de Curitiba), a 21ª vítima do acidente entre um ônibus da prefeitura de Altônia e um caminhão da empresa Lacto, na região de Cafezal do Sul. 

Claudete Marcato, de 51 anos, teve 25% do corpo queimado e, segundo informações da prefeitura, estava acompanhando a mãe, também morta no acidente. Outras duas pessoas receberam alta e devem chegar a Altônia ainda nesta quinta, 3. Sete vítimas continuam internadas, mas não apresentam risco de morte.

Os corpos de 18 pessoas mortas ainda continuam em Umuarama. Por causa das queimaduras há a necessidade de que todas sejam identificadas por testes de DNA. O material já foi recolhido, mas os resultados dos exames devem durar 40 dias.

A Polícia Rodoviária ainda investiga as causas do acidente. O ônibus seguia em direção a Umuarama e o caminhão dirigido por Sérgio Ademir Scaravonatto, de 50 anos, que morreu no local, vinha no sentido contrário. A perícia investiga de quem teria sido a imprudência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.