Morre a nona vítima de acidente com ônibus que despencou de viaduto no Rio

Andréa da Silva, de 37 anos, estava internada em Duque de Caxias e sofreu parada cardiorrespiratória

Marcelo Gomes, O Estado de S. Paulo

20 Maio 2013 | 15h20

RIO - Morreu no domingo,19, mais uma vítima do acidente com um ônibus da linha 328 (Castelo-Bananal) que caiu na Avenida Brasil após despencar de um viaduto, no início de abril. Com isso, sobe para nove o total de mortos no episódio. Andrea Lúcia Pereira da Silva, de 37 anos, estava internada no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, Andrea teve uma parada cardiorrespiratória, passou por manobras de reanimação, mas não resistiu. A mulher deixa um filho de 13 anos.

O ônibus da Viação Paranapuan caiu do Viaduto Brigadeiro Trompowski em 2 de abril. Segundo as investigações, o acidente foi provocado por uma briga entre o motorista do coletivo, André Luiz Silva Oliveira, de 33 anos, e um passageiro, o universitário Rodrigo dos Santos Freire, de 25. Os dois foram indiciados pela Polícia Civil por homicídio doloso por dolo eventual (quando se assume o risco de matar), já que as agressões entre os dois teriam ocorrido com o ônibus em movimento. O delegado José Pedro Costa da Silva, da 21ª DP (Bonsucesso), pediu a prisão preventiva da dupla, mas o Ministério Público devolveu o inquérito à delegacia requerendo novas diligências antes de oferecer denúncia à Justiça. André e Rodrigo também ficaram feridos no episódio, mas já tiveram alta hospitalar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.