JB Neto/AE
JB Neto/AE

Morre adolescente atingido em tiroteio no Grajaú

Além de estudante, policial também morreu em confronto com supostos traficantes na zona sul de SP

Priscila Trindade e Daniela do Canto, da Central de Notícias,

19 Novembro 2009 | 15h20

Um adolescente de 17 anos morreu nesta quinta-feira, 19, no Hospital Regional Sul após ser atingido na cabeça durante um tiroteio na noite de ontem na região do Grajaú, na zona sul de São Paulo. Além do estudante, um policial também morreu no confronto entre supostos traficantes e dois policiais.

 

O tiroteio ocorreu em frente à Escola Estadual Roberto Mange e três estudantes da escola foram atingidos. O caso será investigado pela Corregedoria da Polícia Civil, de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

 

Os feridos são uma adolescente de 15 anos, atingida na perna, está internada no Hospital Regional Sul; um rapaz de 19 anos, ferido no braço, internado no Hospital Geral do Grajaú, e um jovem de 17 anos, atingido no abdômen que se recupera no Hospital Geral de Pedreira. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, todos passam bem.

 

Testemunhas afirmaram que os policiais teriam prendido dois suspeitos na Rua Marco Aurélio Marliani, onde funciona um ponto de venda de drogas. Traficantes que presenciaram a ação teriam seguido os policiais até a Avenida Carlos Alberto Bastos Machado, onde aconteceu o tiroteio.

 

Os policiais foram até uma base da Polícia Militar na Avenida Senador Teotônio Vilela e pediram socorro. O segundo agente policial passou por uma cirurgia e, conforme parentes, não corre risco de morte.

Mais conteúdo sobre:
SP violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.