Morre aos 67 anos Aloisio Teixeira, ex-reitor da UFRJ

Corpo será velado a partir das 11h30 desta segunda no átrio do fórum de ciência e cultura do Palácio Universitário, no campus da Praia Vermelha, zona sul do RJ

Gheisa Lessa, O Estado de S.Paulo

23 Julho 2012 | 11h51

SÃO PAULO - Aloisio Teixeira, ex-reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), morreu aos 67 anos na manhã desta segunda-feira, 23, vítima de um enfarte em sua residência, em Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro.

Teixeira foi reitor da UFRJ entre 2003 e 2011, onde mostrou preocupação com o acesso universal ao Ensino Superior, ferramenta que considerava indispensável para a construção de um projeto nacional sólido para a nação.

Em nota oficial, a universidade lamenta a perda do professor, que terá seu corpo velado a partir das 11h30 desta segunda no átrio do fórum de ciência e cultura do Palácio Universitário, no campus da Praia Vermelha, na Avenida Pasteur, 250, em Botafogo, zona sul da capital carioca. A cerimônia deve terminar às 18h.

O corpo do professor Aloisio será cremado no Memorial do Carmo na próxima terça-feira, 24, por volta das 10h30.

Mais conteúdo sobre:
Morte obituário Aloisio Teixeira UFRJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.