XANDO PEREIRA/AGÊNCIA ATARDE
XANDO PEREIRA/AGÊNCIA ATARDE

Morre bebê resgatado de naufrágio na BA após 2 horas de tentativa de reanimação

Samu tentou fazer reanimação cardiopulmonar do menino após ele ser retirado da embarcação

Priscila Mengue, O Estado de S.Paulo

24 Agosto 2017 | 14h08
Atualizado 24 Agosto 2017 | 16h13

Um bebê de cerca de um ano está entre as vítimas confirmadas do naufrágio da lancha Cavalo Marinho na manhã desta quinta-feira, 24, na Bahia. Fotografado no momento em que foi resgatado, o garoto chegou a ser atendido em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que tentou fazer reanimação cardiopulmonar por duas horas. As informações são da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Salvador. Ao menos 18 dos 123 passageiros e tripulantes morreram no incidente, de acordo com informações da Marinha. 

Segundo a SMS, as unidades de saúde da Ilha de Itaparica, local do incidente, já contabilizam cerca de 100 atendimentos a vítimas. Não há mais detalhes sobre o estado de saúde dos atendidos, dos quais, ao menos 70 estão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no município de Vera Cruz, pelo menos 15 estão no Hospital Municipal de Itaparica, em Itaparica.

Foi o segundo acidente hidroviário no Brasil em pouco mais de 24 horas. Na noite de terça-feira, 23, um barco naufragou em Porto de Moz, no Pará, deixando 21 mortos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.