Morre criança baleada por homem encapuzado

Ela estava na loja da família na zona norte do Rio, à tarde, quando foi alvejada na cabeça

Roberta Pennafort, da Agência Estado,

30 de dezembro de 2008 | 21h46

Baleada na segunda-feira em Anchieta, na zona norte do Rio, com os pais, a menina T. F., de quatro anos, morreu nesta terça-feira, 30, de madrugada. Ela estava na loja da família, à tarde, quando foi alvejada na cabeça por um homem encapuzado. O assassino chegou atirando em seus pais, Fágner Thiago Francisco, de 34 anos, e Lídia Lopes Fontes, de 33, que morreram na hora. T. foi socorrida no Hospital de Sacacuruna.  A criança foi protegida pela mãe no momento dos disparos, mas uma bala perfurou o corpo de Lídia e a atingiu, segundo informou o delegado Ricardo Viana de Castro, da delegacia da Pavuna. Ele disse que as investigações já avançaram. "Temos nomes de envolvidos e a motivação", afirmou, mas sem dar detalhes, para não atrapalhar o andamento do inquérito. A polícia não tem dúvidas de que foi uma execução - a hipótese de assalto já está descartada. Nesta terça-feira, 30, na calçada em frente à loja, ainda havia marcas de sangue e um pé de sandália de T.. Testemunhas contaram que a ação foi muito rápida. A arma usada foi uma pistola 9 milímetros. O criminoso fugiu num automóvel dirigido por um comparsa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.