Morre delegado baleado em pizzaria

Morreu durante a madrugada deste sábadoo delegado Sandro Wittner Pereira, de 35 anos, que foi baleadoem um assalto, por volta de 22h00 de ontem, em um pizzaria daVila Guilherme, na Zona Norte da capital. Ele foi socorrido noPS de Santana, com um tiro no peito, e, removido ao Hospital doServidor Público estadual, na Zona Sul, chegou a ser consideradofora de perigo. Seu estado porém agravou-se, causando sua morte. Aproveitando a folga no feriado, o delegado, que eraplantonista no 69º DP - Cohab Teotônio Vilela, foi juntamentecom a esposa Suzane de Paschoa Wittner Pereira e os três filhoscomprar duas pizzas. Morador na Zona Norte, ele ia comfrenqüência à Pizzaria De Pádua, na Rua do Imperador, 1096. O familiares ficaram aguardando no veículo, à porta, eSandro entrou para fazer o pedido. Minutos depois foisurprendido por assaltantes armados. Eram três os criminosos.Dois invadiram o estabelecimento comercial e um permaneceu àporta. Enquanto um dos ladrões apanhava R$ 150 no caixa, outrotentou roubar o delegado que estava junto ao balcão. Ele sacouda pistola automática e chegou a disparar, mas foi atingidoantes por um projétil que entrou no lado direto do peito e saiunas costas junto ao ombro. Os marginais sairam ilesos e fugirama pé. Wittner foi investigador de polícia e trabalhou naDelegacia Especializada em Roubo de Autos, no antigo Deic,posterirmente Depatri. Passando no concurso de delegado, estevelotado no 3º DP - Campos Elíseos, no centro da cidade. Há pelomenos dois anos, trabalhava no 69.º DP, na Zona Leste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.