AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Morre dentista que foi refém em Foz do Iguaçu

O dentista Marcelo Cardoso Leite, de 31 anos, morreu nesta quinta-feira na Santa Casa de Foz do Iguaçu. Ele tinha sido tomado como refém, no dia 21, depois de um assalto frustrado em sua clínica.Leite havia recebido um tiro na cabeça, disparado pelo assaltante Luciano dos Santos Dutra, que depois teria se matado. O assalto começou por volta das 14 horas, quando Dutra chegou à clínica como um cliente comum.Ele tomou o dentista e a secretária Ana Somavila como reféns, depois que a polícia chegou ao local, alertada por vizinhos.Ele passou a exigir R$ 20 mil e um carro. Por volta das 17 horas, quando a polícia tentava negociar a liberação dos reféns, houve um tiroteio. A secretária foi libertada e afirmou que Dutra havia dado um tiro no dentista e se matado. A família do dentista permitiu que os órgãos de Leite sejam doados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.