Morre em Petrópolis a segunda vítima de leptospirose

Morreu ontem em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, a segunda vítima da leptospirose. A vítima era uma enfermeira de 76 anos que estava internada desde o dia 10 de janeiro. A doença ocorre após períodos de enchentes e é transmitida pelas fezes de ratos. Pelo menos outras dez pessoas ainda estão internadas com a doença na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.