Morre em SP a primeira criança que recebeu transplante de pulmão

Caroline Vitória Forti, de 6 anos, a primeira criança a receber um transplante de pulmão no Estado de São Paulo, morreu por volta das 8h30 desta terça-feira, no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor-HCFMUSP), em São Paulo. De acordo com a assessoria do Incor, a menina, que era portadora de uma doença rara e estava internada há mais de seis meses na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, foi submetida ao transplante na sexta-feira, 6. Na manhã desta terça, ela apresentou insuficiência cardíaca, seguida de falência de múltiplos órgãos, e não resistiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.