Morre garota baleada por amiga de 10 anos

O Hospital Santa Marcelina, na zona leste de São Paulo, anunciou a morte cerebral de Andressa Brito, de 14 anos, baleada acidentalmente na cabeça, na quarta, em sua casa, no Itaim Paulista. Segundo a polícia, quem atirou foi a sobrinha de 10 anos do namorado da vítima, Josimário Oliveira, que guardava a arma. O hospital negou que Andressa estivesse grávida. A menina que atirou não foi para a Fundação Casa, por ser menor de 12 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.