Morre homem vítima de incêndio em apartamento em Goiás

Um casal que estava no apartamento pulou pela janela para escapar do incêndio

Solange Spigliatti, estadão.com.br

11 Outubro 2011 | 11h32

SÃO PAULO - Morreu, na noite de segunda-feira, João Dias Goulart, de 49 anos, uma das quatro vítimas de um incêndio que destruiu o apartamento do 12º andar do edifício Residencial Aldeia Oeste, em Goiânia, Goiás, no último dia 29 de setembro.

Ele estava internado no Hospital de Queimaduras de Goiânia e faleceu às 20h30 de ontem. Já sua mulher, Kátia Maria Goulart, de 45 anos, que estava internada no mesmo hospital, recebeu alta nesta terça-feira, 11.

Para escapar do incêndio, que destruiu totalmente o apartamento, Eduardo Augusto de Araújo Silveira, de 32 anos, e a mulher, Moniki Dias Goulart, de 25, decidiram saltar pela janela do quarto. Eduardo pulou de uma altura de 36 metros e morreu na hora. Moniki caiu sobre algumas telhas e um toldo e sofreu múltiplas fraturas e queimaduras de primeiro e segundo graus e continua internada.

Mais conteúdo sobre:
incendio goias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.