REUTERS/ Ricardo Moraes
REUTERS/ Ricardo Moraes

Morre jovem grávida baleada no Complexo do Alemão, no Rio

Karolayne Nunes, de 19 anos, foi atingida por dois tiros no abdômen em dezembro de 2017; ela estava grávida de seis meses e perdeu o bebê

O Estado de S.Paulo

11 Janeiro 2018 | 01h31

SÃO PAULO - A jovem Karolayne Nunes, de 19 anos, que foi baleada no Complexo do Alemão, zona norte do Rio de Janeiro, no dia 2 de dezembro, morreu na tarde desta terça-feira, 9. Ela ficou internada no CTI do Hospital Municipal Miguel Couto, zona sul do Estado. Grávida de seis meses, ela perdeu o bebê.

++ Disputa entre traficantes ainda causa tensão em Macaé

Karolayne foi atingida por dois tiros no abdômen na comunidade da Fazendinha, onde ocorria um tiroteio, na noite de um sábado, segundo informações de um jornal comunitário da região.

Na ocasião, o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Fazendinha informou que não houve registro de confronto envolvendo policiais da unidade naquele fim de semana nem o comando foi acionado para intervir em qualquer ocorrência de tiroteio na região.

++ Disputa por controle de comunidade faz Macaé viver dia de terror

Karolayne não morava na favela e estava no local para visitar parentes. Ela foi levada por um ambulância para o centro médico e passou por uma cirurgia, onde ficou internada em estado grave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.