Morre mais um ferido em tiroteio no centro de São Paulo

Ainda segue sem nenhuma explicação o crime ocorrido na tarde de quinta-feira na Rua Barão de Duprat, no centro. Tiros acertaram Wagner dos Santos Dantas, 18 anos, e José Roberto dos Santos Soares, 31. Baleado com dois tiros no peito, Dantas morreu logo depois. Soares, atingido na virilha, foi levado para o Pronto-Socorro do Hospital Vergueiro e morreu na madrugada desta sexta. O caso está sendo investigado por policiais do 1º DP, Centro. O delegado titular Roberto Bueno de Menezes recusa-se a falar sobre o assunto. A Secretaria de Segurança Pública apenas afirma que o caso segue sem pistas e que a polícia começará a ouvir testemunhas a partir de segunda-feira. Dantas foi enterrado na tarde de hoje no Cemitério da Saudade, zona leste. Um amigo dele e testemunha do assassinato contou à polícia que andava com o amigo quando ouviu uma pessoa gritar: "Atira na cara dele" e viu o rapaz cair ferido no chão. Nenhuma arma foi encontrada. A polícia não sabe ainda quem realmente era o alvo das balas. Acredita-se que um deles foi atingido por engano. A hipótese de uma briga entre eles ou de vingança contra os dois está praticamente descartada. "Eles não se conheciam. Meu marido não conhecia ninguém. Foi por acaso", disse a mulher de Soares, que não quis se identificar. O corpo de Soares deve ser enterrado na manhã de sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.