Morre mais um suspeito da morte de Tim Lopes

O traficante André da Cruz Barbosa, o André Capeta, acusado de de participar do assassinato do jornalista Tim Lopes, foi morto esta madrugada com um tiro na cabeça em circunstâncias ainda não esclarecidas. Foi o segundo suspeito da execução do repórter da Rede Globo a ser morto em cinco dias. O bombeiro Luiz Gustavo Rangel Euzébio contou que foi acordado em sua casa, na Vila Cruzeiro, por traficantes. Ele foi obrigado a levar André Capeta para o Hospital Getúlio Vargas. Ele está prestando depoimento na Vila da Penha. O comandante do 16º Batalhão da PM (Olaria) Ronaldo Menezes, confirmou que a polícia esteve na Vila Cruzeiro na noite de ontem. Houve troca de tiros, mas os policiais não teriam encontrado corpos na região. Menezes disse que Capeta pode ter sido atingido pelos próprios traficantes, por engano. Dos nove acusados da morte de Tim Lopes, apenas Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, e Renato de Souza Paula, o Ratinho, continuam em liberdade. Cinco foram presos e dois estão mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.