Morre mais uma vítima da queda de Bandeirante

A estudante Amanda Toshiaki Nishibe, de 16 anos, morreu, na noite desta terça-feira, no Hospital Cajuru, em Curitiba. Ela é a quinta vítima da queda de um avião Bandeirante, da Força Aérea Brasileira (FAB), no dia 26, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.Seu corpo foi trasladado nesta quarta-feira para São Paulo, juntamente com o de seu pai, o segundo-tenente William Toshiaki Nishibe, que havia morrido no dia anterior. Ambos tinham sofridotraumatismo craniano.Além deles, tinham morrido a passageira Cláudia Stanganelly, o tenente Toni Gonzaga de Brito e a passageira Maria Cristina Batista Lima.Dos 16 ocupantes do avião da FAB, três permanecem internados em Curitiba. No Cajuru ainda está a mulher do tenente Mishibe, Valdeci. No Hospital Geral do Exército estão o piloto da aeronave, capitão Gláucio Otaviano Guerra, que passou por uma cirurgia na coluna, e o sargento Odair Silva de Almeida.O acidente ocorreu a cerca de três quilômetros do Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, logo após o piloto ter comunicado que havia uma pane em um dos motores. A aeronave caiu em um terreno baldio, e teve toda a parte dianteira destruída.O comando da Aeronáutica ainda apura as causas do acidente com o avião, que saiu do Campo de Marte, em São Paulo, e tinha como destino Florianópolis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.