Morre mulher de 112 anos, uma das mais idosas do País

Será enterrada nesta segunda-feira (26), às 10 horas, no Cemitério Senhor do Bonfim, em São José dos Pinhais (Região Metropolitana de Curitiba), Rosa Teixeira Lima, conhecida como Vó Rosa, de 112 anos e considerada uma das mulheres mais idosas do País.Ela morreu no domingo (25), em Curitiba, e segundo informações da rádio Band News, ela passou mal em sua residência, chegou a ser internada, mas não resistiu. O seu corpo seria velado na Capela Santa Edwiges, no bairro Pinheirinho, na periferia da capital.Pessoa folclórica em Curitiba, devido à sua longa história, Vó Rosa completou 112 anos no dia 6 de janeiro. Ela deixou sete filhos, 38 netos, 12 bisnetos e três trinetos e era conhecida pelo seu bom humor em variados contatos com autoridades e imprensa.Atualmente Vó Rosa morava na Vila Independência II, na Região Sul de Curitiba. Nascida em Quitandinha (cerca de 60 quilômetros de Curitiba) em 1895, Vó Rosa perdia o título estadual de mais idosa somente para Maria Olívia da Silva, considerada a mulher mais idosa do Brasil e que vive em Astorga, no Distrito de Içara. Segundo consta em seus documentos, Maria Olívia nasceu em Itapetininga (SP), no dia 28 de fevereiro de 1880 e tem 127 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.