Morre, no Rio, o jornalista Mário Cunha

O jornalista Mário Cunha, que trabalhou por 20 anos no Estado e chefiou a redação da sucursal Rio em parte do período da ditadura militar, morreu na madrugada de hoje,aos 71 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos, segundo informou a família. Ele estava internado havia 20 dias, depois de ter sofrido um acidente vascular cerebral.Cunha teve papel destacado na resistência à ditadura e à censura na redação. Um dos subterfúgios criados por ele paraescapar dos censores e noticiar prisões políticas foi enviar diariamente para São Paulo um relatório das pessoas detidas no Estado, sem informar o motivo da prisão. Presos políticos estavam misturados aos criminosos comuns, lembra o jornalista Villas-Bôas Corrêa, que dirigiu a sucursal e foi contemporâneo de Cunha.?A sucursal tinha a orientação de não tomar conhecimento da censura. A matéria seguia para São Paulo e lá o censor quedecidisse cortá-la. As pessoas nos procuravam para que noticiássemos prisões políticas, porque só esse registro evitava o desaparecimento. A sucursal agiu com grande bravura e Mário Cunha foi exemplar. Salvamos algumas vidas?, disse Corrêa, ao lamentar a morte do amigo, a quem havia visitado na última quinta-feiraAlém do Estado, Cunha trabalhou no Jornal do Commercio, Correio da Manhã, TV Globo, Radiobrás e Folha Dirigida. Também foi assessor de Ulysses Guimarães, durante a campanha das Diretas Já. Há 12 anos editava o jornal Terceiro Tempo, criado por ele e dirigido aos aposentados. Ele também foi diretor da Associação Brasileira de Imprensa nas gestões de Prudente de Morais Neto e de Barbosa Lima Sobrinho.?Ele estimulou Prudente de Morais Neto a se candidatar à presidência e, a partir dessa gestão, a ABI teve atuação muito forte em defesa da liberdade de imprensa e na resistência à violência sofrida pelo jornalista Wladimir Herzog, em São Paulo?, afirmou o atual presidente da entidade, Maurício Azedo. Cunha foi enterrado às 17 horas de hoje, no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.