Morre piloto que passou mal em voo entre o Rio e Paris

Ronuro Pinheiro, de 63 anos, estava internado desde terça-feira, quando desmaiou a bordo e o avião da TAM teve de fazer pouso não programado em Salvador

Tiago Décimo, O Estado de S. Paulo

09 de agosto de 2013 | 12h45

SALVADOR - O piloto Ronuro Mazaruni Cavalcanti Pinheiro, de 63 anos, morreu na noite de quinta-feira, 8, após passar três dias internado no Hospital Aeroporto, em Lauro de Freitas (BA), região metropolitana de Salvador. Pinheiro havia sido internado na madrugada de terça-feira, 6, após desmaiar a bordo de um voo da TAM que havia decolado do Rio na noite de segunda-feira, com destino a Paris. A viagem foi interrompida e o avião, que levava 136 passageiros, fez um pouso não programado em Salvador, para que o piloto pudesse ser socorrido.

Segundo o cardiologista Roque Aras, que atendeu Pinheiro, o piloto tinha problemas cardíacos e não resistiu ao agravamento de seu estado de saúde, causado por uma parada cardíaca ocorrida antes de sua chegada ao hospital. A TAM informou que, em respeito à família, não vai se pronunciar sobre o caso.

Tudo o que sabemos sobre:
TAM

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.