Morre presidente do Grupo pela Vidda

Presidente do Grupo pela Vidda, ONG de luta contra a aids, Octávio Valente Júnior, de 44 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira, de falência múltipla dos órgãos, em conseqüência da infecção pelo HIV. Internado no Hospital Evangélico desde segunda-feira, ele vivia com a doença há 14 anos.Carioca, Octávio começou a participar dos movimentos sociais de combate à aids em 1997, ao ingressar no Pela Vidda, primeiro grupo de pessoas vivendo com a doença no Brasil, fundado em 1989 pelo escritor Herbert Daniel.Técnico em recursos humanos, trabalhou inicialmente na assessoria jurídica, chegando à presidência em 2000. Lá, desenvolvia projetos como o de capacitação de lideranças para o controle social relacionado à aids e era um ativo participante de comitês, programas e fóruns voltados para as DSTs - especificamente para avanços em relação à prevenção e tratamento delas.No ano passado, ele destacou a importância de se ampliar o acesso aos anti-retrovirais, por meio da redução dos preços dos medicamentos, em evento internacional no Rio. "Um esforço global precisa ser direcionado para salvar vidas, não para defender interesses econômicos das companhias farmacêuticas", declarou Octávio, que foi enterrado na tarde desta quarta-feira, no Memorial do Carmo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.