Morre segunda vítima de explosão em Taubaté

A segunda vítima da explosão na Mextra Metal, em Taubaté, Vale do Paraíba, morreu nesta madrugada. O gerente industrial Vicente Sério, de 55 anos, teve queimaduras de terceiro grau em todo corpo no acidente, na noite de terça-feira, 7, quando ele e três operários testavam uma peneira vibratória. Na explosão, que destruiu parte da fábrica, o líder de produção Osmar Santos Silva também morreu. O acidente está sendo investigado pela Polícia Civil e pela Delegacia Regional do Trabalho. A Mextra tem uma semana para apresentar um relatório e toda documentação solicitada pela DRT.A Mextra é líder nacional na fabricação de pastilhas metálicas para produção de alumínio, e a unidade de Taubaté conta com cerca de 60 funcionários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.