Morre travesti que brigou com Ronaldo

André Luiz Ribeiro Albertini, o travesti Andréia Albertini, morreu ontem em Mauá, na Grande São Paulo. Ele ficou conhecido após protagonizar uma confusão com o jogador Ronaldo, hoje no Corinthians, e mais dois travestis, em abril de 2008, no Rio. Albertini acusou o jogador de não pagar o programa e de ter usado drogas em um motel, mas depois admitiu ter inventado a história. O Hospital de Clínicas Doutor Radamés Nardini, onde Albertini estava internado, não informou a causa da morte.

, O Estadao de S.Paulo

10 Julho 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.