Morre turista espanhol baleado no Rio

O turista espanhol Juan Carlos Roncero, de 34 anos, baleado ao reagir a um assalto no Aterro do Flamengo (zona sul do Rio de Janeiro) na tarde de sexta-feira, morreu à 1h55 de hoje no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. Seu corpo foi levado para o Instituto Médico Legal por volta das 5h e até as 12h30 nenhum parente havia comparecido para retirar a guia de liberação. Muito abalada, a mulher do turista, a brasileira Maria Zenaide de Souza, de 30 anos, permanece sedada na casa de amigos.Ronceiro caminhava com a mulher e um casal de amigos pelo parque do Flamengo, quando dois menores tentaram roubar sua câmera fotográfica. Ele reagiu e um terceiro adolescente, de bicicleta, o atingiu na nuca. A família ainda não decidiu sobre o translado do corpo para a Europa. O espanhol e a brasileira moravam na Suíça e estavam no Brasil há 20 dias.Dois adolescentes, detidos na noite de sexta-feira por policiais militares, confessaram ter participado do assalto. Um terceiro, de 17 anos, está foragido. Ele foi reconhecido como o autor do disparo pela mulher do turista, que viu uma foto do rapaz na delegacia. O jovem tem três passagens pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) por roubo e consumo de drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.