Morre vendedora baleada em loja na 6.ª

Morreu ontem uma vendedora da rede O Boticário baleada um dia antes pelo ex-companheiro na loja da Rua Gregório Ramalho, em Itaquera, zona leste. Alberto Pereira da Silva, de 29 anos, atirou na cabeça de Maria Isabel Barbosa, de 23, e se matou em seguida. Colegas de Maria penduraram um cartaz de papelão na porta do estabelecimento: "Fechado por luto."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.