Morro Santa Marta no Rio vai ganhar "bondinho"

Os cerca de seis mil moradores da Favela Santa Marta, em Botafogo, na zona sul do Rio, já comemoram a instalação do sistema de transporte vertical, que facilitará o acesso ao alto do morro. Segundo a Secretaria de Projetos Especiais do Estado, as obras para a construção do bondinho estão previstas para começar em outubro e têm prazo de conclusão de dez meses. Serão investidos R$ 2,5 milhões."O bondinho vai ser uma benção. Aqui moram muitas pessoas idosas, que têm dificuldade para se locomover e se sacrificam para subir o morro, especialmente quando carregam peso", afirma João Batista de Aragão, da Associação de Moradores do Santa Marta.O anúncio do resultado da licitação para a realização do projeto, que seria feito hoje, foi adiado por decisão do Tribunal de Contas do Estado, mas o governo prevê que não haverá atraso. "A população tem auto-estima baixa e não acredita que a obra vai mesmo sair. Mas temos de cobrar das autoridades", diz Aragão.Facilidade para coletar o lixoO plano inclinado vai contar com uma cabine automatizada com capacidade para 20 passageiros, que circulará numa velocidade de 2,5 metros por segundo - o que permitirá que os moradores subam até o topo da favela em sete minutos. Serão cinco estações de embarque e o sistema terá 340 metros de extensão. As obras fazem parte do projeto de urbanização da Favela Santa Marta - que já foi cenário de um videoclipe do cantor Michael Jackson.Estão previstas também melhorias de infra-estrutura básica e habitacionais, além da criação de áreas de lazer. O Estado garante que, além de facilitar a vida dos habitantes, o bondinho vai ajudar ainda na coleta de lixo. Uma caçamba presa à cabine fará o transporte dos contêineres da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), cuja circulação pela favela é restringida pelas ruas estreitas, por onde não circulam carros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.