Morte de idosa e filho revolta moradores do Morro do Dendê

A morte de uma mulher de 69 anos e de um de seus filhos, de 42, durante um tiroteio nesta segunda-feira levou moradores do Morro do Dendê, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, a protestarem diante da 37.ª Delegacia Policial. A primeira a ser atingida foi a aposentada Rosa Martins. Ao tentar socorrer a mãe, o pedreiro José Antonio Martins também foi baleado. Moradores disseram que o tiroteio, que aconteceu em uma das ruas que dão acesso ao morro, opôs PMs do 17.º Batalhão (Ilha) e traficantes de drogas. A PM informou que os tiros começaram depois que uma patrulha encontrou criminosos em três carros e quatro motocicletas.

Agencia Estado,

02 Abril 2007 | 22h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.