Morte durante incêndio na Grande São Paulo

A Polícia Militar havia sido avisada, minutos antes, que um vizinho ameaçava atear fogo na casa do outro

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

29 de junho de 2010 | 06h11

Um homem, ainda não identificado, morreu carbonizado, por volta das 3 horas da madrugada desta terça-feira, 29, durante incêndio, supostamente criminoso, que destruiu parcialmente uma residência no bairro Residencial Jardim São Luiz, no município de Francisco Morato, na Grande São Paulo.

 

Minutos antes do incêndio atingir a casa da vítima, a Polícia Militar havia recebido um telefonema pelo qual foi informada sobre uma briga entre vizinhos e que um ameaçava atear fogo na casa do outro. Mais tarde, três equipes dos bombeiros de Franco da Rocha, cidade ao lado, foram acionadas até o endereço, mas o morador da casa já estava morto.

 

Policiais militares da 4ª Companhia do 26º Batalhão, ao chegarem no local, não encontraram nenhuma testemunha que indicasse o suposto autor do crime. Pela manhã, deverá ser feita uma perícia para investigar a causa do incêndio.

Tudo o que sabemos sobre:
incêndiomorteFrancisco Morato

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.