Mortes pelas chuvas na Região Serrana do Rio sobem para 605

Maior número de vítimas é contabilizado na cidade de Nova Friburgo, com 270 mortes

Estadão.com.br,

15 de janeiro de 2011 | 13h42

O número de mortos na Região Serrana do Rio chegou a 605, segundo informou a Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil, na tarde deste sábado, 15. Nova Friburgo segue como a cidade mais afetada, com 270 vítimas. Teresópolis registra 258 mortos; Petrópolis, 55; Sumidouro, 18 e São José do Vale do Rio Preto, 4.

 

Veja também:

linkNova Friburgo sepulta cerca de 50 corpos não identificados

linkDilma determinou liberação de R$ 100 milhões para o Rio, diz ministro

linkSítio de Tom Jobim some na lama

linkA tragédia vista de perto: relatos de quem perdeu tudo

linkVeja como fazer doações para moradores do Rio

 

Mais de sete mil pessoas estão desalojadas e mais de seis mil estão desabrigadas nesses locais. Equipes de resgate continuam a busca por feridos e mortos.

 

 

Texto atualizado às 19h50.

Mais conteúdo sobre:
Riochuvamortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.